Certificado de reconhecimento da UNESCO

08
fev

A Câmara Municipal de Salvaterra de Magos recebeu, dois meses volvidos sobre a classificação da Falcoaria como Património Cultural Imaterial da Humanidade pela UNESCO, o certificado que atesta o reconhecimento deste tipo de prática de caça em Portugal, desde 1 de dezembro de 2016, projeto partilhado com a Associação Portuguesa de Falcoaria e a Universidade de Évora.

As visitas à Falcoaria Real de Salvaterra de Magos continuam a aumentar. Em janeiro de 2017, o número de visitantes subiu oito vezes quando comparado com o mês homólogo de 2013. O mesmo já havia sido verificado em dezembro de 2016, quando os visitantes mais do que decuplicaram em relação a dezembro de 2012.

Como a autarquia já tinha noticiado, nos últimos três anos as visitas aumentaram 270% passando de 3021 (2013) para 8091 (2016).

Este aumento reflete não só o reconhecimento da UNESCO, mas também a política deste executivo camarário de abrir o edifício da Falcoaria Real ao público aos fins de semana (períodos da manhã e da tarde) e as estratégias implementadas para promoção do concelho.

A Câmara Municipal de Salvaterra de Magos está, neste momento, a apostar na criação de um site – falcoariareal.pt - e na implementação de novas ofertas e novas parcerias relacionadas com a Falcoaria Real.

A autarquia regozija-se ainda pelo empenho e iniciativa já demonstrado por comerciantes e empresários do concelho em criarem novos produtos, aproveitando o apelo que fizemos de utilização da marca Falcoaria Real.



notícia extraída na integra de www.cm-salvaterrademagos.pt

República Portuguesa - Cultura Universidade de Évora Património Cultural - DGPC Município de Salvaterra de magos Associação Portuguesa de Falcoaria
Por favor aguarde...
x